Nova testemunha diz que Pitanguy saiu do carro aparentando embriaguez

Segundo homem que viu acidente, filho do famoso cirurgião plástico saiu do veículo cambaleando

Por O Dia

Rio - O surgimento de uma nova testemunha promete complicar ainda mais a situação do empresário Ivo Nascimento Pitanguy, de 59 anos, preso em flagrante, na quinta-feira, após atropelar e matar o operário José da Silva, de 44 anos, na Gávea. Segundo Monique Vidal, delegada titular da 14ª DP (Leblon), um morador do bairro prestou depoimento afirmando que o filho do famoso cirurgião plástico apresentava sinais de embriaguez. Ontem, o empresário foi levado para o presídio de Bangu.

José (à esquerda) deixou filhos de 9 e 11 anos. Irmão da vítima disse que corpo será sepultado hoje em PernambucoMaíra Coelho / Agência O Dia

“Essa testemunha tinha acabado de entrar em casa,ouviu o barulho da batida e retornou para a rua. Ela falou que o motorista estava cambaleando. Além disso, temos depoimentos de policiais militares e de bombeiros que preencheram questionário. Eles também afirmam que o motorista estava alcoolizado”, diz Vidal. A Polícia Civil aguarda a chegada de imagens registradas por câmeras da região para confirmar se Ivo estava acima do limite de velocidade na hora do acidente.

Ivinho, como é conhecido,coleciona multas de trânsito. Nos últimos cinco anos foram 70; 14 delas por dirigir sob efeito de álcool. Ontem, após receber alta do hospital, o filho de Pitanguy foi à delegacia do Leblon prestar esclarecimentos. “Ele veio acompanhado dos advogados, mas alegou que estava tonto por causa da medicação e não depôs. Ele não precisa fazer exame para comprovar se havia ou não ingerido bebida alcoólica porque ninguém é obrigado a produzir provas contra si, mas os depoimentos das testemunhas serão levados em consideração”, disse Vidal. A delegada quer mudar o indiciamento de homicídio culposo para dolo eventual (quando se assume o risco de matar).

Cirurgião plástico se diz chocado

Ainda abalado pelo atropelamento e morte do operário José Fernando Ferreira da Silva, pelo seu filho ‘Ivinho’, que estaria embriagado no momento do acidente, o famoso cirurgião plástico Ivo Pitanguy comentou pela primeira vez o ocorrido e a detenção do filho.

Em entrevista à colunista Lu Lacerda, do portal IG, o médico desabafou. “Estamos tentando amenizar a realidade. Tudo me chocou muito, pelo infortúnio. Para superar o que houve, só o tempo, por ambos os lados”, e completou: “Numa situação dessas, todo mundo sofre”. Em nota, Pitanguy e família se disseram “consternados e profundamente abalados com o acidente”. “Prestamos solidariedade e nos colocamos à disposição dos familiares para todas as medidas necessárias de apoio e auxílio, neste momento de tamanha dor”, diz o texto.

Segundo Ernani Ferreira da Silva, o corpo do seu irmão foi levado ontem para Recife. A mulher de José, que deixou dois filhos de 9 e 11 anos, viajou para Sertânia, interior de Pernambuco, cidade onde o marido nasceu e será enterrado.

Últimas de Rio De Janeiro