Méier critica encurtamento e extinção de linhas de ônibus

Moradores do bairro preparam um protesto no próximo domingo

Por O Dia

Rio - Preocupados com o provável encurtamento e extinção de algumas linhas de ônibus que circulam entre as zonas Norte e Sul, moradores do Méier preparam um protesto no próximo domingo no Centro Cultural João Nogueira, às 17h, também no Méier, para discutir o cronograma de mudanças que foi anunciado na segunda-feira pela secretaria de Transportes.

De acordo com moradores do bairro, um dos ônibus mais utilizados, o da linha 457 (Abolição x General Osório), terá o trajeto reduzido e seu ponto final passará de Ipanema para Botafogo. A medida, segundo eles, prejudica os usuários da Zona Norte, que serão obrigados a fazer baldeações para chegar em bairros como Copacabana e Ipanema.

“A viagem já é cansativa sem a baldeação e dura cerca de 1 hora e meia. Muitos passageiros ainda vão em pé. As pessoas que usam o 455 para ir ao Centro poderão usar outras linhas como a 247 ou a 249, mas a manutenção do itinerário da linha 457 é fundamental para a qualidade, diz um trecho publicado nas redes sociais por um integrante do grupo ‘Panela de Pressão’.

Últimas de Rio De Janeiro