Rio perde área para o Espírito Santo

Redução da área fluminense é de 27 campos de futebol. Divisa seguirá atual curso de rio

Por O Dia

Rio - O Estado do Rio vai perder 27 hectares de terreno, cedidos para o Espírito Santo. Após o consentimento dos dois estados e reunião em Vitória, técnicos da Fundação Ceperj, do IBGE e do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) foi aprovado o relatório técnico sobre a mudança dos limites territoriais entre os dois estados.

O relatório propõe que a divisa siga o atual leito do Rio Itabapoana. A redução será de 27 hectares (27 campos de futebol, aproximadamente) do território fluminense. O documento segue para a homologação da Junta de Conciliação e Arbitragem da Advocacia Geral da União. Expõe o histórico das divisas entre os estados desde a colonização e aponta as alterações de áreas ao longo da linha limítrofe decorrentes do alinhamento) do rio, ocorrido no início da década de 1970. O Espírito Santo terá acréscimo de área de Presidente Kennedy e Mimoso do Sul. Não há moradores. Os terrenos são tomados por áreas de pastagem e extensão de propriedades rurais.

Últimas de Rio De Janeiro