Esposa de diretor do Trem do Corcovado é esfaqueada em tentativa de assalto

Vítima foi atingida perto da academia no Recreio dos Bandeirantes; PM realiza buscas no local

Por O Dia

Ana Lúcia Neves%2C esposa do diretor do Trem do Corcovado%2C Sávio Neves (foto)%2C foi ferida no tóraxReprodução Facebook

Rio - Esposa do diretor do Trem do Corcovado, Sávio Neves, Ana Lúcia Neves foi esfaqueada no fim da manhã desta quarta-feira durante uma tentativa de assalto no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio.

A vítima foi levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ela está sendo submetida a uma cirurgia.

Consternado com o fato, Sávio foi ao hospital e apenas informou que a mulher foi atingida no tórax.

Ainda segundo testemunhas, o caso ocorreu na porta da academia Rio Sport, na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira.

Policiais do 31º BPM (Barra da Tijuca) foram acionados e realizam buscas na região.

Sávio Neves é presidente do Trem do Corcovado há 14 anos. Engenheiro mecânico formado pela Uerj e pós-graduado em Engenharia Econômica pela UFRJ, Sávio foi candidato a deputado federal em 2014 pelo Partido Ecológico Nacional (PEN), mas não foi eleito. 

Sua veia política é de família: Sávio é sobrinho-neto do ex-presidente Tancredo Neves, primo do senador Aécio Neves e sobrinho do senador Francisco Dornelles. 

Últimas de Rio De Janeiro