Por nicolas.satriano

Rio - Para quem gosta de novidade: a 1ª Tradicional Excursão da Banda da Conceição para Paquetá Com Cortejo Carnavalesco e Merendas Variadas acontece no domingo, com saída da Praça XV às 11h30.

O cortejo segue pela barca, vai para o Parque Darke de Matos, onde o Samba de Benfica come solto até 17h, quando a Banda da Conceição retorna em novo cortejo carnavalesco pelas ruas de Paquetá.

Não há percurso definido. E a turma, gaiata, lançou um “Manual de instruções e boas práticas dos foliões”, que está nas redes sociais. Entre as recomendações, levar isoporzinho e frango com farofa, e saco de lixo também!

Cortejo segue pela barca%2C vai para o Parque Darke de Matos%2C onde o Samba de Benfica come solto até 17hJames Allan / Divulgação

A Odisseia e ao vivo

A companhia inglesa The Paper Cinema faz três apresentações muito diferentes, de hoje a domingo, no Teatro de Arena da Caixa Cultural, no Centro. O espetáculo, uma reinvenção do clássico grego “Odisseia”, de Homero, é uma mistura de teatro e animação ao vivo, acompanhado de música.

Sem palavras, a peça é encenada com marionetes de papel e desenhos feitos à mão que são manipulados em tempo real diante de uma câmera. As imagens captadas são projetadas num telão criando um filme ao vivo. Toda a trama é acompanhada por uma banda que executa a trilha sonora original.

Parada de Segunda

O Bloco de Segunda comemora seus 28 anos na próxima segunda-feira. O bloco de Botafogo fez seu primeiro desfile num 7 de setembro que, como este, caía numa segunda-feira. Só depois foram para o carnaval. Surgiu como uma ironia à Parada Militar do Dia da Independência, uma brincadeira de um grupo que se perguntava: “Se eles (os militares) podem desfilar, por que não nós?”.

Assim, o Glorioso Bloco de Segunda foi às ruas com seu primeiro samba em que perguntava “Por que não trocar o Sarney por D. Pedro I?”. O tom malicioso e irônico é uma das marcas do De Segunda até hoje.

Bloco surgiu como uma ironia à Parada Militar do Dia da IndependênciaPublius Vergilius / Divulgação

Carioquíssima com tudo

O sucesso da primeira edição do projeto foi tanto que o Carioquíssima Gourmet acontece mais uma vez, de amanhã a segunda, agora em casa, em Laranjeiras, perto do Colégio Sion (Rua das Laranjeiras, 540).

Começou em Santa Teresa, aportou no Planetário e é bem eclético, com apresentação de novos produtores de alimentos variados, cervejas artesanais, doces e vinhos, além de objetos de decoração e discos de vinil.

Samba de quintal

Hoje à noite tem o Pagode do Brio, aquele que acontece a cada quinze dias no Sindicato dos Fumageiros, na Tijuca. E vai ter apresentação de música nova, “Pra Casa Não Cair”, parceria do anfitrião com João Martins, sem contar os clássicos de sempre da roda de samba que faz todo mundo cantar junto. O clima por lá é sempre aquele de quintal, descontraído e regado a quitutes de botequim e a cerveja de garrafa.

Confetes!

Atenção, gente! Segunda-feira é feriado e dia de Samba do Trabalhador. Então, quem não consegue comparecer na roda de samba de Moacyr Luz e sua turma, aproveita e se joga numa das melhores rodas de samba da cidade, no Clube Renascença, a partir das 16h.

O bloco Mulheres de Zeca, que só toca músicas do querido Zeca Pagodinho, começa a temporada de ensaios. Domingo, no Clube Renascença, tem ensaio com feijoada, a tradicional do clube.

A cantora Aline Paes e seu projeto itinerante OFusca, que usa um fusquinha modelo 1974 como palco, aportam no domingo, às 16h, no Rio Food Parque! O evento, que também vai ter chorinho e roda de samba, acontece de hoje à segunda, com entrada franca, na Praça Central do Downtown, Barra da Tijuca.

A Unidos de Vila Isabel faz seu primeiro ensaio amanhã, a partir de 22h. O Grito de Carnaval terá participações especiais da Portela e da Estácio de Sá, com suas baterias, passistas e casais de mestre-sala e porta-bandeira.

No dia 14 de setembro, o Botequim da Cidade do Samba vai estar de volta, com participação de Alcione, Moacyr Luz e Ito Melodia.

Por Rita Fernandes

Você pode gostar