PT com ida certa para o governo Pezão

Partido aposta que novos prováveis secretários serão os deputados estaduais Zaqueu Teixeira e Zeidan

Por O Dia

Rio - O PT dá como certa a ida do partido, em janeiro, para o governo Pezão. Os prováveis novos secretários são os deputados estaduais Zaqueu Teixeira e Zeidan, que representam as duas alas petistas na Assembleia Legislativa. Zaqueu tem boas relações com o PMDB; Zeidan é casada com o presidente regional do partido, Washington Quaquá.

É provável que eles fiquem com as secretarias de Cultura e Assistência Social: como não são ocupadas por políticos, fica mais fácil mudar seus titulares sem gerar problemas.

Fora do jogo
A ida do PT para o governo deverá implodir a candiatura de Zaqueu à Prefeitura de Queimados. Quaquá articula o apoio do partido ao PMDB.

Em paz com Paes
Depois de uma conversa com Eduardo Paes, Quaquá voltou atrás na intenção de, em 2016, não apoiar o candidato do PMDB à Prefeitura do Rio caso seu partido fique sem a vaga de vice.

Diz que a decisão tem a ver com a necessidade de garantir a governabilidade de Dilma Rousseff — alega que Jorge Picciani, presidente do PMDB-RJ, virou interlocutor importante da presidenta.

Chega pra cá...
Depois de perder o controle da bancada estadual do PR, que se aproximou do governo Pezão, Garotinho tenta reatar relações com Picciani. Em seu blog ele agradeceu a elogios que teria recebido dele e do governador numa reunião com deputados.

Sai pra lá...
Quem conhece Picciani diz que ele não tem a menor intenção de se reaproximar de Garotinho.

Perigo oficial
Quem tentava ler o Diário Oficial do Estado pela internet recebia, ontem, um aviso assustador. “O site a seguir contém programas prejudiciais”.

Últimas de Rio De Janeiro