Restaurantes na Barra são autuados

Em um deles, o gerente foi detido e encaminhado à Decon por armazenar alimentos impróprios ao consumo

Por O Dia

Rio - Cinco restaurantes foram autuados nesta quarta-feira por agentes do Procon Estadual e da Delegacia do Consumidor (Decon) na Operação Limpando a Barra, que fiscalizou 12 estabelecimentos da orla da Barra da Tijuca. Em um deles, o gerente foi detido e encaminhado à Decon por armazenar alimentos impróprios ao consumo.

O restaurante Mercanti, localizado na Av. Lúcio Costa, estava com o alvará de funcionamento provisório vencido e armazenava 12 quilos e meio de linguiça e 200 gramas de arroz arbóreo vencidos. Os fiscais encaminharam o gerente à 16ª DP (Barra) e deram o prazo de 48 horas para apresentação do documento válido na sede do Procon Estadual.

O restaurante Le Blé Noir, também na Lúcio Costa, não possuía alvará de funcionamento. O documento deve ser apresentado no prazo de 15 dias ao Procon. Além disso, o local não possuía cartaz informando o fornecimento de água potável e gratuita para clientes e, no Livro de Reclamações, havia registro de uma queixa em 29 de janeiro deste ano, que não foi enviada ao Procon.

Não foram encontradas irregularidades na Toca da Traíra, Gran Parrilla, Picanha & Etc, Fratelli Restaurante, Balada Mix e Hollandaise.

Últimas de Rio De Janeiro