Morre a atriz Betty Lago, que lutava contra um câncer na vesícula

A atriz descobriu a doença em 2012 e vinha fazendo tratamento quimioterápico para combater a doença

Por O Dia

Rio - A beleza peculiar e o constante e largo sorriso de Betty Lago surgiram nas passarelas brasileiras na década de 1970. De lá para cá, o mundo aprendeu a admirar a força da mulher que ajudou a revolucionar a moda, virou atriz e apresentadora de TV e que, sem perder a alegria de viver, compartilhou com o público sua luta contra um câncer na vesícula, descoberto em 2012. Neste domingo, o belo sorriso se apagou. Betty morreu em casa, no Leblon, aos 60 anos.

Saiba mais: Famosos lamentam a morte de Betty Lago nas redes sociais

A artista começou a tratar a doença há três anos, depois de sentir fortes dores abdominais. Na época, ela atuava na novela ‘Vidas em jogo’, da TV Record. Betty foi operada, fez tratamento quimioterápico e, mesmo sem os cabelos, não perdeu a exuberância dos tempos de modelo. A apresentadora estava no ar atualmente no reality de maquiagem ‘Desafio da Beleza’, do canal a cabo GNT.

Com sólida carreira internacional, Betty apareceu pela primeira vez na TV brasileira em 1992, na minissérie global ‘Anos Rebeldes’. Dois anos depois, foi protagonista da novela ‘Quatro por Quatro’ e supreendeu a todos com seu talento, especialmente para o humor.

Betty Lago posa para revistaVicente de Paulo / Revista Contigo!

O corpo de Betty será cremado nesta segunda-feira, às 15h, na capela 6 do Cemitério São Francisco Xavier, no Caju. Sua filha, Patty Lago, postou ontem pela manhã em uma rede social uma foto da praia do Leblon com a legenda: “E o dia amanheceu assim, triste e lindo ao mesmo

A morte de Betty gerou comoção entre artistas e colegas de trabalho. A jornalista Mônica Waldvogel, que apresentou o programa ‘Saia justa’ ao lado da ex-modelo por mais de seis anos, deu um depoimento emocionado ao canal Globo News.

“Ela tinha intensidade e personalidade tão forte e transparente, que impregnava todo o ambiente”, disse. “A presença de Betty era um sol. O pessoal do estúdio a adorava. O humor e a graça estavam junto da sua identidade”, completou.

A atriz Cristiana Oliveira também lamentou: “Conheci uma mulher linda, segura de si, personalidade forte. Vamos sentir muito a sua falta, guerreira". 

Já o comentário infeliz do ator Dado Dolabella causou revolta entre internautas. Ele associou câncer à ingestão de carne. “Que a sua morte sirva de exemplo para todos. O câncer tem sua origem por causa do consumo surreal de sofrimento e violência animal.”


Últimas de Rio De Janeiro