De passinho em passinho, Cufa ocupa a Big Apple

Dança carioca encanta os norte-americanos

Por O Dia

Nova York (Estados Unidos) - Depois de duzentas abdominais, 200 flexões e três horas de ensaios três vezes por semana, o Dream Team do Passinho aportou em Nova Iorque para fazer da Big Apple uma grande favela. Principais estrelas do segundo dia da Semana Global da Central Única de Favelas (CUFA), Lelezinha, Pablinho, Breguete e Rafael Mike sacudiram a formalidade da imponente sede da Ford Foundation nesta terça-feira, no oeste de Manhattan.

A viagem para os Estados Unidos, transformou o sonho de criança pobre em realidade de gente grande. "É a primeira vez que saímos do Brasil", conta Breguette, 24 anos, que encantou os gringos misturando samba, frevo e funk. Lelezinha, a caçula da galera com 17 anos, não se resumiu a mostrar seu carisma no pot-pourri de funks das antigas.

Artistas brasileiros fazem show na sede da Fundação Ford em NYAndré Balocco / Agência O Dia

Depois de estrear na telinha em 'Malhação', ela agora vai contracenar com Ailton Graça na próxima novela da Globo. "A gente foi na Times Square", vibrou. Ao lado dos amigos, sem perceber, ela dava mais um grande passo em direção ao Mundo.

Amanhã, no Joe's, um dos mais tradicionais bares de Manhattan, a escalada começa com o primeiro show fora do Brasil dos meninos de Nova Iguaçu, Complexo do Lins, Rocinha e Praça Seca. De passinho em passinho, o Dream Team segue em frente. Como diz Celso Athayde, fundador da Cufa, o caô do Rio agora é global!

Últimas de Rio De Janeiro