Paraty: Defensoria Pública e Colitur assinam TAC para indenizar vítimas

Objetivo é pagar indenizações por danos morais e materiais aos feridos e aos familiares dos 15 mortos no acidente

Por O Dia

Rio - A Defensoria Pública do Rio assinou com a Viação Colitur um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para o pagamento das indenizações por danos morais e materiais aos feridos e aos familiares dos 15 mortos no acidente com um ônibus da empresa ocorrido no último dia 6 em Paraty, na Região da Costa Verde.

O acordo firmado na tarde desta quarta-feira estabelece a realização de audiências de conciliação para o cálculo individual dos valores, além da prestação de assistência médica, fisioterápica e psicológica a quem precisar, bem como a realização de obra de melhoria no local do ocorrido.

LEIA MAIS

Novo acidente com ônibus da Colitur deixa dois mortos

Ônibus da Colitur provocaram 21 mortes e 83 processos em 25 anos

Tragédia aconteceu na estrada que liga Paraty a TrindadeJairo Roberto

Com o objetivo de reparar o dano moral coletivo, a Colitur também vai fazer obras na rodovia onde ocorreu o acidente para evitar que novos acidentes ocorram. O TAC proposto busca evitar a demora de uma ação na Justiça e garantir a compensação pelos danos sofridos de forma rápida e eficaz.

As vítimas e os familiares poderão entrar em contato com a Defensoria Pública, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, pelo telefone (21) 2868-2100, ramal 297. Outra forma de contato também é através do email coletiva.nudecon@dpge.rj.gov.br. A Colitur também comprometeu-se a arcar com os custos do transporte na ocasião das audiências de conciliação, que serão realizadas na Defensoria Pública.

Últimas de Rio De Janeiro