Pelas Ruas: Olhar além do Rio

Exposição ‘Evandro Teixeira: A constituição do mundo’ narra a trajetória dos quase 60 anos de carreira de um dos mais importantes fotojornalistas do Brasil

Por O Dia

Rio - São mais de 150 fotos que mostram a capacidade do fotógrafo de mover-se no interior da notícia para construir a imagem e a experiência dos fatos. A exposição ‘Evandro Teixeira: A constituição do mundo’ narra a trajetória dos quase 60 anos de carreira de um dos mais importantes fotojornalistas do Brasil. O visitante passa por aspectos diversos da vida na cidade – como a praia, a música e as manifestações estudantis ao longo da ditadura militar –, e ampliar seu olhar muito além do Rio e do Brasil. Há ensaios sobre Canudos, o sertão e a questão indígena, a morte de Neruda e a política chilena. No Museu de Arte do Rio, até janeiro de 2016.

Folia de Brincante

O bloco Gigantes da Lira, o mais amado das crianças, comemora neste domingo o dia dos seus santinhos padroeiros, Cosme e Damião, com uma manhã de brincadeiras a partir das 10h na Pracinha da General Glicério. A Folia Brincante de Cosme e Damião será uma grande festa, com brincadeiras e palhaçadas, e o Gigantes promete que vai chover muitos doces em Laranjeiras. Para crianças, papais, mamães, vovôs, vovós e quem mais quiser... Vai ser lindo!

Dança Gamboa

Na Pista é o mais novo espetáculo da Companhia Urbana de Dança, que participa do Dança Gamboa amanhã e domingo, com jovens dançarinos negros moradores de áreas populares do Rio de Janeiro. O projeto busca traçar um panorama da dança contemporânea na cidade, em três meses de programação dedicada exclusivamente ao gênero, realizado pelo Galpão Gamboa. O projeto vai até 7 de outubro, com espetáculos voltados para o público infantil e adulto, trabalhos de coreógrafos consagrados e da nova geração.

Projeto busca traçar um panorama da dança contemporânea na cidadeDivulgação

Pensar o Rio

A Biblioteca Parque Estadual, no Centro, promove o projeto ‘Pensar o Rio’. Serão quatro encontros com expoentes da cultura carioca para examinar, sob vários aspectos, como é que nos tornamos essa cidade e esse povo que somos hoje. No próximo, o assunto é a gênese da cultura carioca e quem debate é o diretor Aderbal Freire, o músico Filipe de Lima e o cineasta Silvio Tendler. Às 16h, amanhã, e o próximo daqui a 15 dias. De graça.

Baile no Santa Marta

Tem Baile do Coreto hoje à noite na Quadra do Santa Marta, com alguns dos blocos mais animados. Batuquebato vem com Samba, Xaxado, Ijexá, Cabula, Maxixe, Ciranda, Frevo e outras mais para quem quiser começar a sacudir o esqueleto. O Bloco Brasil ataca com repertório que vai de Raimundos a Geraldo Azevedo. E para fechar, o Brasília Amarela homenageia e relembra os sucessos dos Mamonas Assassinas, com a pegada do Carnaval que todo mundo adora e já sente saudades.

TEM ROQUE EM RIO no Trapiche Gamboa hoje à noite. A brincadeira, que faz paródia com festival de rock, é do cantor, cavaquinista e compositor Eduardo Gallotti. Com o Grupo Centelha, ele recebe o cantor Pedro Miranda e faz homenagem ao compositor baiano Roque Ferreira.

CONFETES

Hoje à noite tem Grupo Arruda na laje charmosa do Samba Luzia, que convida dois ‘Joãos’ da nova geração da música popular brasileira: João Cavalcanti e João Martins. As portas abrem às 21h e a noite promete samba da melhor qualidade, naquele visual de tirar o fôlego.

São 34 cronistas cariocas que escrevem sobre o seu lugar na cidade. Cada cronista um bairro e cada bairro uma colcha de memórias e afetos. O livro ‘O Meu Lugar’, organizado por Marcelo Moutinho e Luiz Antonio Simas, será lançado no Al Farab, Centro, dia 17 de outubro. E, claro, terá roda de samba, comandada por Nina Rosa e Marina Íris.

Amanhã tem Bandeira do Samba, com participações especiais de Monarco e do pessoal do Engenho Velho, na Praça da Bandeira, das 16h até 23h. A roda, que acontece uma vez por mês, já está consagrada e quem ainda não conheceu, é uma boa pedida para este sábado.

Por do sol com música da Jamaica, lá em cima do Cantagalo. É a próxima edição da B.L.E.S.S. Baseado nas Leis Estabelecidas pelo Sistema de Som, que celebra e une as diversas vertentes da cultura Sound System Reggae.No Gilda do Cantagalo, a partir de 15h. Garanta logo sua vaga: só cabem 150 pessoas.

Coluna de Rita Fernandes

Últimas de Rio De Janeiro