Cariocas poderão ver na noite deste domingo raro eclipse da Superlua

Bonito fenômeno ocorrerá logo no perigeu, ou a menor distância entre Terra e Lua, perfeitamente alinhadas com o Sol

Por O Dia

Rio - Tem festa no céu hoje à noite: cariocas poderão observar, se o tempo estiver bom, a um raro eclipse da Superlua. Calhou de o bonito fenômeno acontecer logo no perigeu, ou a menor distância entre Terra e Lua, perfeitamente alinhadas com o Sol. Faça a dança da chuva ao contrário, alongue o pescoço e esteja bem acordado, porque o balé noturno vai quase até a uma e meia da madrugada.

Mas vai chover? Os nacionais Climatempo e Inmet consideram alta a chance de a noite deste domingo estar encoberta, o que melaria os planos de ver a Lua ‘sumir’. Já o gringo Weather Underground diz que o céu estará limpo até de manhã. Vale lembrar que o Rock in Rio contratou os serviços mediúnicos da Fundação Cacique Cobra Coral para afastar as nuvens da Cidade do Rock. Tem funcionado...

Cariocas poderão observar%2C se o tempo estiver bom%2C a um raro eclipse da Superlua. CLIQUE AQUI e veja como seráArte O Dia

Quem acompanha o vaivém dos astros pode ter a impressão de que eclipses da Lua são mais comuns. Na verdade, os noturnos são tão raros quanto os diurnos — por ano, são de seis a oito, nem todos visíveis do Brasil —, mas são mais ‘generosos’: quase todos que enxergam a Lua veem o fenômeno. No do Sol, a sombra da Lua forma fino cone que risca ínfima fração da Terra, e a zona do eclipse parcial nem é tão grande. Mas é algo para testemunhar pelo menos uma vez na vida, recomenda o astrônomo Jorge Marcelino, do Planetário do Rio, que ajudou a elaborar esta página. “Já fui a três. É a coisa mais linda do mundo”. O próximo solar total será em 2017, nos Estados Unidos. Infelizmente, neste milênio não há chance de o carioca ver um total de casa. O mais perto disso será em 2027, num anular — quando a Lua não ‘tampa’ todo o Sol, deixando um fino anel.

O Planetário do Rio fará um hangout com astrônomos para comentar o eclipse. Acesse pela fanpage https://www.facebook.com/planetariodorio.

Reportagem de Berrix, Eduardo Pierre e Kiko

Últimas de Rio De Janeiro