Autora de Harry Potter lamenta a morte de PM dublador

Escritora da obra conhecida mundialmente publicou em seu perfil no Twitter que está "extremamente triste" com a morte

Por O Dia

Rio - A escritora britânica J. K Rowling lamentou a morte do policial militar e dublador do personagem Harry Potter, Caio César Ignácio Cardoso de Melo. Em publicação em seu perfil no microblog Twiiter a autora disse estar "extremamente triste de saber que Caio César, a voz brasileira de Harry Potter, morreu aos 27 anos", e demonstrou pesar ao dizer que "os pensamentos estão com a família dele (Caio)".    

Em nota, a Warner Bros Pictures Brasil, estúdio responsável pela franquia Harry Potter, também lamentou a morte de Caio, informando que "o ator que dublou o personagem principal nos oito filmes na querida série de filmes Harry Potter".

PM de UPP que dublava o personagem Harry Potter morre após ser baleado

O PM Caio César Ignácio Cardoso de Melo morreu após ser baleado durante troca de tiros na FazendinhaReprodução Internet

"Com seu imenso talento, Caio contribuiu para o carinho que público sente pelo personagem e pelo sucesso da franquia. Foi um prazer ter Caio na família Warner Bros. Pictures Brasil em todos estes anos. Ele se tornou a voz de Harry Potter para uma geração de fãs e estará sempre em nossos corações", completou. 

Caio foi baleado no pescoço às 11h desta quarta-feira, no Complexo do Alemão, na Rua Canitá, dois dias após completar 27 anos. Socorrido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte do Rio, o PM da Unidade de Polícia Pacificadora Fazendinha não resistiu aos ferimentos. O PM foi baleado na região Campo do Sargento.

Últimas de Rio De Janeiro