PM e dublador de 'Harry Potter' morto no Alemão é enterrado com honra

Família do soldado Caio Ignacio Cardoso de Melo, de 27 anos, pediu que ele deixasse a corporação

Por O Dia

Rio - Com medo da violência que com frequência cruza o caminho dos policiais militares, a família do soldado Caio Ignacio Cardoso de Melo, de 27 anos, pediu que ele deixasse a corporação. Ele já tinha outra profissão, a de dublador, onde fez trabalhos de sucesso como o personagem Harry Potter. Mas o amor à farda fez com que Caio insistisse na carreira militar. Ele foi sepultado nesta quinta-feira à tarde no Cemitério Nossa Senhora do Belém, em Duque de Caxias, um dia após ser morto a tiro durante operação na comunidade Fazendinha, no Complexo do Alemão.

Caio estava na PM desde 2011Reprodução Internet

“Sempre falamos que era para ele sair porque tinha uma outra profissão. Mas ele dizia, o que me conforta muito, que se morresse em combate era para proteger a sociedade e morreria feliz”, contou a prima de Caio, Kelly Barbosa.

O secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame disse não ter dúvidas de que a morte de Caio foi uma retaliação às prisões feitas semana passada no Alemão. “Perdemos um policial aqui vocacionado e que não tinha a necessidade de ficar na polícia. Muita gente pedia que ele saísse da PM, mas ele queria ficar porque acreditava no projeto. Ele morreu, sem dúvida nenhuma, como retaliação por causa das 30 prisões”, afirmou. Ainda segundo Beltrame, as mortes dos oito policiais de UPPs neste ano não foram em vão. “Eles salvaram 1.119 vidas. Estamos fazendo um processo difícil", afirmou Beltrame.

Mais de 200 amigos, parentes e PMs estiveram no enterro, que teve honras militares. Muitos usaram camisa com a foto de Caio e a mensagem: “Que a morte não seja o fim, e sim, o início de uma longa vida”. A escritora britânica J.K. Rowling, autora de ‘Harry Potter’, também lamentou a morte: “Completamente triste em saber que Caio César, voz de Harry Potter no Brasil, morreu aos 27 anos. Meus pensamentos estão com a família.”

Últimas de Rio De Janeiro