PM morre e outro fica ferido durante tentativa de assalto em Sulacap

Sargento Marcelo de Moraes e outro colega seguiam para curso no COE quando foram abordados por criminosos

Por O Dia

Rio - Um policial militar morreu e o outro ficou ferido durante uma tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira, em Sulacap, na Zona Oeste. O primeiro sargento Marcelo de Moraes, lotado no 16º BPM (Olaria) e o cabo Antônio Carlos Dias Leite seguiam de moto para um curso do Comando de Operações Especiais (COE), no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), quando foram abordados por dois criminosos também numa motocicleta, na Avenida Marechal Fontenelle. Houve troca de tiros e o sargento, que estava há 20 anos na corporação, acabou morrendo no local. Antônio Carlos foi ferido e encaminhado para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, e seu estado de saúde é estável.

PMs foram abordados por criminosos em uma tentativa de assalto na Av. Marechal Fontenele%2C em SulacapSeverino Silva / Agência O Dia

Um ônibus que passava pela via na hora do confronto foi atingido pelos tiros, mas não há informação sobre feridos. Um bandido, identificado como Leandro César Leite, que seria morador do Complexo do Chapadão, também morreu. A morte do sargento Moraes foi a quarta de um policial militar somente esta semana no Rio de Janeiro. Na madrugada de segunda-feira, o soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Formiga, Bruno Rodrigues Pereira, de 30 anos, foi assassinado de forma cruel por traficantes da comunidade Dom Bosco, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele levou um tiro nas costas e foi arrastado amarrado a um cavalo por cerca de um quilômetro até a comunidade da Lagoinha. O PM estava na comunidade para encontrar o irmão.

VEJA MAIS

Policial militar é arrastado até a morte em Nova Iguaçu

PM de UPP que dublava o personagem Harry Potter morre após ser baleado

PM é morto na frente da esposa em São João de Meriti

Na última quarta-feira, a vítima foi o soldado da Polícia Militar Caio César Ignácio Cardoso de Melo, da UPP Fazendinha, no Complexo do Alemão. Ele foi baleado durante uma troca de tiros durante confronto com traficantes na comunidade. O PM, que tinha completado 27 anos na segunda-feira, também era dublador e, entre muitos outros trabalhos, deu vida ao personagem Harry Potter, da escritora J.K. Rowling, que lamentou a morte através da sua rede social.

Os PMs Bruno Rodrigues Pereira%2C Caio César Ignácio Cardoso de Melo e Alyson Leonardo Egidio Alves foram assassinados nesta semanaReprodução Facebook

Na tarde de quinta-feira, o PM Alyson Leonardo Egidio Alves, da UPP Salgueiro, foi morto em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele estava no salão de beleza da esposa, quando foi surpreendido por pelo menos três criminosos armados num carro vermelho. Segundo o 21ºBPM (São João de Meriti), os bandidos viram a arma na cintura do PM e disparam três tiros contra ele.

Colaborou Maria Inez Magalhães

Últimas de Rio De Janeiro