Professor espancado até a morte em Vassouras é sepultado

Mauro César Siqueira da Costa Júnior, de 23 anos, foi assassinado numa briga durante as Olimpíadas Regionais dos Estudantes de Medicina

Por O Dia

Rio - O professor de educação física Mauro César Siqueira da Costa Júnior, de 23 anos, foi sepultado no final da manhã desta terça-feira, em Barra do Piraí, na Região Sul Fluminense. Amigos e parentes que compareceram ao Cemitério Parque Recanto da Paz ainda tentavam buscar explicações para a brutal morte. Na madrugada de domingo, Mauro César foi agredido por universitários em Vassouras, durante as Olimpíadas Regionais dos Estudantes de Medicina (Orem).

Professor é espancado até a morte em festa de Medicina em Vassourasarquivo pessoal

"Era uma pessoa muito boa, tranquila. Ele não era de briga. Não entra na cabeça da gente isso. Deram uma banda nele e começaram a judiar dele. Você vê que ele teve traumatismo craniano, teve problema na coluna, estourou a barriga dele. Foi uma coisa brutal mesmo", lamentou o primo da vítima, Gilson da Silva Medeiros, ao RJTV.

LEIA MAIS: Professor apanha até morrer em festa de estudantes de Medicina

Segundo informações de testemunhas, um grupo de pelo menos 30 estudantes de uma faculdade de Medicina de Cascadura, na zona Norte do Rio, agrediu a vítima depois de uma discussão no local da festa, no Parque de Exposições do município. Matheus Medeiros contou que voltava para casa com Mauro, seu primo, quando ele encostou num jovem.

“Ele pediu desculpas e não adiantou. Imediatamente dezenas de estudantes foram para cima dele. Foi pura covardia”, lamentou.

O jovem chegou sem vida ao Hospital Universitário de Vassouras, depois de ter sido socorrido por outros alunos, segundo a Polícia Militar. Ele teve traumatismo craniano e na coluna.

Últimas de Rio De Janeiro