Prefeitura começa cadastramento de lojistas da Uruguaiana, no Centro

Comerciantes afetados em incêndio terão crédito da Caixa

Por O Dia

Rio - A prefeitura começa, nesta quarta-feira, a fazer o levantamento dos comerciantes do Mercado Popular da Uruguaiana que tiveram boxes e mercadorias destruídas ou danificadas no incêndio do último domingo. Eles receberão linha de crédito especial da Caixa Econômica Federal (CEF), com taxas de juros menores, como a obtida por lojistas que sofreram com o incêndio no Shopping Nova América.

Ontem, representantes dos comerciantes e da CEF estiveram reunidos com o subprefeito do Centro, Luiz Cláudio Vasques, para organizarem o cadastro dos vendedores prejudicados.

No setor D do Mercado%2C 100 toneladas de entulho foram retiradosErnestto Carriço

No Camelódromo, garis e 15 agentes da Secretaria Municipal de Conservação continuaram a remoção dos destroços no local, iniciada na segunda-feira, com ajuda de uma escavadeira, duas pás mecânicas e caminhões basculantes. 

O setor D do Mercado Popular da Uruguaiana foi o mais afetado. Somente naquela área, mais de 100 toneladas de entulhos foram retirados até ontem. A previsão é de que a limpeza do local seja concluída nesta quarta-feira.

A RioUrbe (Empresa Municipal de Urbanização) vai elaborar um projeto de reconstrução da área atingida pelo fogo. O incêndio, cuja causa, segundo os comerciantes do local, foi um curto-circuito, destruiu 204 boxes e danificou parcialmente mais de 170 lojas.

Últimas de Rio De Janeiro