Aplicativo Waze indica 'perigo' em rua onde idosa foi morta no Caramujo

Casal utilizou dispositivo para ir à Praia de São Francisco, mas acabaram se perdendo e foram atacados por bandidos

Por O Dia

Waze indica 'perigo' em rua onde idosa foi morta em NiteróiReprodução

Rio - Após a morte de uma idosa, o aplicativo Waze agora exibe a palavra "perigo" quando aparece a Rua Quintino Bocaiúva, na comunidade do Caramujo, em Niterói.

No início do mês, o casal Regina Stringari Múrmura, 70 anos, e o marido, Francisco Múrmura, de 69 anos, foram levados por engano pelo dispositivo e sofreram ataques de bandidos.

Na ocasião, Regina e Francisco queriam chegar até a Praia de São Francisco. Segundo o marido, ele estava relutante em utilizar o aplicativo, já que o caminho até a praia era conhecido pelo casal, mas a mulher estava "empolgada com a tecnologia". Para ele, o Waze foi o responsável pela morte dela.