PM assassinado em Duque de Caxias será sepultado neste sábado

Agentes da Polícia Civil não descarta a hipótese de Fernando Monteiro, de 40 anos, ter sido executado

Por O Dia

O sargento Fernando Monteiro será sepultado neste sábado, às 15h, no Cemitério Jardim da Saudade. Ele foi o 61º PM assassinado em 2015Reprodução / WhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - O sargento da Polícia Militar, Fernando Monteiro, de 40 anos, será sepultado na tarde deste sábado, Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap. Ele estava em seu carro, na Rua Expedicionário Aquino de Araújo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, quando foi abordado pelos criminosos. Uma das hipóteses levantadas pelos agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) é que o PM tenha sido executado.

Segundo testemunhas, Monteiro chegou a abrir o carro e os suspeitos atiraram contra ele ao avistarem sua farda. A vítima tentou fugir a pé, mas foi baleada e caiu metros adiante. Ele morreu no local.

Outra possibilidade é a de que o policial tenha sofrido uma tentativa de assalto, pois o carro, um Hyundai Veloster branco, 2012, custa aproximadamente R$ 50 mil. Agentes da DHBF realizaram perícia no local e buscam imagens de câmeras e testemunhas para tentar identificar os autores dos disparos. Foram recolhidas cápsulas de pistola PT 380 e de fuzil 5.56 no local. Os criminosos fugiram levando a arma e o celular do sargento. Fernando Monteiro é o 61º policial militar morto este ano no Rio. A maioria estava de folga quando foi vitimada.

O sargento estava na corporação desde 2010, era casado e tinha três filhos. Atualmente ele trabalhava na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Coroa/Fallet/Fogueteiro, para onde foi transferido há pouco mais de um mês após ter servido no 9º BPM (Rocha Miranda).

Últimas de Rio De Janeiro