Rio tem 19 mortes por dengue em 2015; número é maior que todo o ano passado

De janeiro a outubro foram mais de 56 mil casos contra 6.967 no mesmo período de 2014. Estado diz não haver epidemia

Por O Dia

Rio - Os casos de de dengue este ano deram um salto gigantesco em comparação a 2014. Somente de janeiro a outubro deste ano, foram 19 óbitos contra 10 durante os 12 meses de 2014, como Resende tendo o maior número: 7. O número de casos suspeitos de dengue também surpreendem: este ano já passa de 56,5 mil até o dia 21 de outubro, enquanto em todo o ano passado foram 7.819 casos, mais de 700% de aumento. De janeiro a outubro de 2014, foram 6.967.

Apesar dos números preocupantes, a Secretaria de Estado de Saúde disse, no momento, nenhum município registra epidemia da doença. Os 19 óbitos deste ano foram registrados em Barra Mansa (1), Campos (2), Itatiaia (1), Miracema (1), Paraty (2), Piraí (1), Porto Real (2), Quatis (1), Resende (7) e Volta Redonda (1).

A SES informou que realiza uma série de ações preventivas, como a Campanha 10 Minutos Contra a Dengue, que é o tom de alerta para evitar um alarme no verão, sendo uma importante ferramenta de conscientização para a necessidade de todos se engajarem no combate ao foco do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. O objetivo é estimular a população a investir 10 minutos por semana para eliminar possíveis criadouros em suas casas, já que o ambiente doméstico concentra 80% dos focos.

A secretaria também capacita médicos e enfermeiros de hospitais estaduais, federais, particulares e Unidades de Pronto-Atendimento de todo o Estado, visando padronizar o atendimento a pacientes com a doença. Também são treinados profissionais de saúde das Forças Armadas, Corpo de Bombeiros e da polícia.

Últimas de Rio De Janeiro