Mãe de adolescente internada após acidente critica atendimento em hospital

'Foi esse o tratamento que deram para minha sobrinha que morreu?', disse. Stephany só deve ser operada na quinta-feira

Por O Dia

Rio - A informação de que sua filha, Estephani Bastos da Silva, só seria operada na próxima quinta-feira, levou ao desespero Vanessa Bastos, mãe da adolescente de 13 anos internada no Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte. Ela é uma das vítimas do acidente que causou a morte da pequena Bruna, de cinco meses, e de Sthela Bastos da Silva, de 13 anos, na noite deste domingo em Cavalcanti, também na Zona Norte.

Em estado de choque, ela criticou o atendimento no hospital. "Minha filha está com hemorragia, com fratura na bacia e só vai ser operada na quinta-feira. Que absurdo é esse, minha filha vai morrer. Isso não é tratamento que se dê a uma pessoa que está em estado grave. Foi esse o tratamento que deram para minha sobrinha que morreu? É isso que eles fazem, aqui?", desabafou a tia de Sthela.

LEIA MAIS: Bebê e adolescente morrem em acidente de trânsito no Rio

Adolescente e bebê morreram em acidente em Cavalcanti%2C na Zona Norte do Rio Reprodução Internet

Sobre a causa do acidente, ela disse que o importante no momento é a saúde da filha, que a polícia que deve investigar o caso. "Agora não é hora de falar sobre o acidente, já aconteceu, quero salvar a vida da minha filha. No acidente vieram três motos com homens armados, mas não sei o que aconteceu, estava no carro de trás. Isso câmeras de segurança vão mostrar, a polícia vai investigar", disse. A Polícia Civil ainda não se pronunciou sobre a investigação de tentativa de assalto.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a direção do Hospital Municipal Salgado Filho esclareceu que Estephani foi diagnosticada com uma complexa fratura na bacia e permanecerá internada. Ainda segundo a unidade, ela foi atendida por equipe multidisciplinar e recebeu todos os cuidados necessários para o seu quadro clínico e será preparada para uma cirurgia, que é considerada eletiva (não sendo uma cirurgia de Emergência), que deverá ser realizada nos próximos dias. A direção do hospital disse que já recebeu a mãe de Estephani e que está à disposição dos familiares para eventuais esclarecimentos.

Outra vítima que permanece internada é Jonas Brener, de 17 anos. Ele sofreu um leve traumatismo craniano e permanece em observação no hospital, mas apresenta quadro estável e deve receber alta ainda hoje. Bruno Moreira, de 24 anos, Karla Kuhlman, de 21, uma criança de dois anos e um outro bebê, de 11 meses, sofreram ferimentos leves e foram liberados.

Carro com nove pessoas colidiu contra um poste na Zona Norte do Rio%2C deixando uma adolescente e um bebê mortos. Motorista teria tentado fugir de uma abordagem de assalto, segundo a famíliaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Colaborou Diego Valdevino

Últimas de Rio De Janeiro