Candidatura de Cabral à prefeitura depende do efeito São Borja

Ex-governador quer saber se imagem continua 'arranhada' por protestos de 2013 e 2014

Por nicolas.satriano

Rio - A eventual candidatura de Sérgio Cabral à prefeitura depende do resultado do que o ex-governador chama de seu período em São Borja, referência à cidade gaúcha onde Getúlio Vargas se recolheu até voltar à Presidência .

A São Borja de Cabral fica no Leblon, bairro onde mora e que, como a estância do ex-presidente, virou ponto de peregrinação de políticos do PMDB e de partidos aliados. É de lá que ele acompanha avaliações de sua popularidade — quer saber se sua imagem, abalada pelos protestos de 2013 e 2014, já se recuperou.

Só vai na boa

Cabral só aceitará entrar na disputa caso pesquisas indiquem que ele terá grandes chances de vencer. A indicação do ex-governador passou a ser cogitada depois que que foi divulgada a susposta agressão de Pedro Paulo Carvalho, pré-candidato do PMDB à prefeitura, à sua então mulher. O fato teria ocorrido em 2010.

Diplomacia

O ti-ti-ti é tanto que, mês passado, Cabral foi, num sábado, a uma reunião de Eduardo Paes com seus secretários — um gesto diplomático. Quem conhece o ex-governador sabe como é difícil que ele faça isso num fim de semana.

Em e-mail enviado na manhã desta terça, o ex-governador Sérgio Cabral afirma que não é e nem será candidato à prefeitura no ano que vem. Diz que o candidato do PMDB será o deputado Pedro Paulo.

Custo e benefício 

Uma paciente foi surpreendida durante sua sessão com um psicólogo em Nova Iguaçu. A conversa, que deveria durar 50 minutos, foi interrompida em meia hora. O profissional disse que reduziu o tempo por conta da baixa remuneração que recebe da Capesaúde, o plano de saúde da moça e que presta serviços a servidores federais.

Cachorro expulso

Frequentadores da Praça Afonso Pena estão irritados com a expulsão, pela prefeitura, do trailer de cachorro quente que ficava por lá. Os donos do Cachorrão da Afonso Pena tiveram que apelar para a entrega em domicílio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia