TJ bloqueia bens de Julio Lopes por acidente com bonde de Santa Teresa

Seis morreram e 57 ficaram feridos no descarrilamento em 2011, quando deputado era secretário estadual de transportes

Por O Dia

Rio - A Justiça do Rio determinou nesta terça-feira que o deputado federal Julio Lopes (PP) tenha seus bens bloqueados por conta do acidente com um bonde de Santa Teresa em 2011. Na época, o deputado era secretário estadual de Transportes na época. A decisão visa garantir o ressarcimento integral dos danos causados no acidente, no qual seis pessoas morreram e 57 ficaram feridas.

Julio Lopes teve seus bens bloqueados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro nesta terça-feiraDivulgação

De acordo com a decisão do juiz Alexandre de Carvalho Mesquita, da 3ª Vara de Fazenda Pública, outros três réus terão que indenizar o patrimônio público em R$ 6,3 milhões. O magistrado determinou à Receita Federal que forneça as últimas cinco declarações de renda de cada um dos quatro réus.

Relembre o caso

Os tradicionais bondes saíram de circulação depois que um trágico acidente em 27 de agosto de 2011 deixou seis mortos, entre eles, o motorneiro. Um laudo realizado pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) apontou diversos problemas de manutenção no bonde. Os peritos constataram que a causa determinante do acidente foi a falha no sistema de freios da composição. Desde então, os bondes passam por reforma e iniciaram a operação gradualmente em 2015.

Bondinho em Santa Teresa saiu dos trilhos e tombou na Rua Joaquim Murtinho%3A Seis pessoas morreram e 56 ficaram feridasda seguidora %40arenaschinner


Últimas de Rio De Janeiro