Pezão diz que dívida de IPVA será reduzida, porém não haverá anistia

Contribuinte terá facilidades para regularizar o débito, como redução de juros e parcelamento da cobrança

Por O Dia

Rio - O governardor Luiz Fernando Pezão (PMBD) disse, nesta quarta-feira, que as dívidas de IPVA com tributo até 2011 não serão perdoadas totalmente, conforme havia sido divulgado ontem. No entanto, haverá facilidades para ajudar o cidadão a regularizar o débito, como redução de juros e parcelamento da cobrança.

Assembleia Legislativa aprova perdão da dívida de IPVA com tributo até 2011

"A dívida não será perdoada. Haverá redução de multa, juros e outras facilidades. A gente tem quase um bilhão de reais em dívida de IPVA. O momento propício para o cidadão regularizar sua vida é agora, porque eu não vou trabalhar mais na anisticia, mas sim fortementa na cobrança de sonegação", disse Pezão.

Últimas de Rio De Janeiro