Policial militar é morto com pelo menos cinco tiros na Zona Norte

Tenente reformado foi atingido quando estava em uma padaria; bandidos fugiram

Por O Dia

PM foi assassinado com pelo menos cinco tiros em padariaWhatsApp do DIA (98762-8248)

Rio - O PM reformado Eduardo Nogueira da Gama, 57 anos, foi morto com pelo menos cinco tiros, na noite deste domingo, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. Segundo a Polícia Militar, Nogueira estava em uma padaria na esquina das ruas Adolfo Bergamini e Dias da Cruz, quando bandidos efetuaram os disparos. O tenente foi atingido quando saía de seu carro e morreu na hora.

Os criminosos fugiram. Policiais do 3º BPM (Méier) foram acionados e a Delegacia de Homicídios (DH) investiga o caso. Ainda não há informações sobre a data e hora de enterro da vítima. Nogueira é o terceiro policial militar a ser assassinado deste sexta-feira.

Na noite de sábado, o sargento da Polícia Militar, Nilson de Souza Cardoso foi baleado, no IAPI da Penha, na Zona Norte. Segundo informações, ele curtia sua folga num bar, na esquina da Rua Tenente Araquém Batista com Rua Costa Rica, quando criminosos armados chegaram ao local e anunciaram um assalto. Ele reagiu e houve confronto, sendo atingido no tiroteio.

Na manhã de sexta-feira, Alexandre Murta Fernandes, 41 anos, foi assassinado, após reagir a um assalto na Rua Parnamirim, em Bento Ribeiro, também na Zona Norte. Ele fazia a segurança do deputado Marcelo Freixo (PSOL), que não estava presente no momento do crime. 

LEIA MAIS:

Policial militar é baleado durante tentativa de assalto na Penha

Policial que fazia segurança de Marcelo Freixo é enterrado