Pezão não sabe se conseguirá pagar segunda parcela do 13º no dia 17

Governador lembra que Estado está em dificuldades financeiras e depende da cobrança de impostos de empresas

Por O Dia

Rio - O governador Luiz Fernando Pezão afirmou que pretende pagar a segunda parcela do salário de novembro até o dia 9 deste mês. Sobre o 13º salário, Pezão disse não ter certeza de que conseguirá pagar a segunda parcela no dia 17. O governador mas ressaltou que depende do pagamento dos impostos que ainda não foram repassados pelas empresas para honrar o 13º salários dos servidores do Estado.

"Vou fazer um apelo para que todas as empresas paguem os impostos", disse Pezão, que esteve no Aterro do Flamengo pela manhã para acompanhar o primeiro dia de funcionamento da Operação Segurança Presente.

O governador Pezão acompanhou nesta terça-feira%2C no Aterro do Flamengo%2C o primeiro dia de funcionamento da Operação Segurança PresenteSeverino Silva / Agência O Dia

Além do Aterro, o programa aumentará a segurança na Lagoa Rodrigo de Freitas e no Méier. O ação é uma parceria do Estado com a Fecomércio, que investirá R$ 44 milhões nos dois anos do projeto. O mineiro Helder Clemente dos Santos, morador do Flamengo há 39 anos, relatou ao porta-voz da operação, capitão Leonardo Laureano, diversos casos de violência na região.

"Os linchamentos no Aterro são frequentes. Eles roubam e quando são pegos, é linchamento na certa e na maioria das vezes não há intercessão. Também têm muitos vândalos aqui no Aterro que ficam fazendo sexo, é horripilante", diz.

Ele espera que a operação traga mais segurança para o Aterro do Flamengo. "Espero que essa operação melhore muito o policiamento no Aterro. Mas todos têm que cooperar, não apenas os moradores, mas como os frequentadores do Aterro", afirma.

Cerca de 400 agentes farão o reforço diariamente da segurança no Aterro%2C Lagoa Rodrigo de Freitas e MeíerSeverino Silva / Agência O Dia

Logo nas primeiras horas da operação, cinco ocorrências foram registradas. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, duas pessoas foram flagradas com drogas. No Méier, um apontador do jogo do bicho foi levado pelos agentes. Já no Aterro, duas pessoas com drogas e um celular que parecia ser roubado foram pegos.

Aproximadamente 400 agentes reforçarão diariamente o policiamento no Aterro, Lagoa e Méier. A operação terá a participação de policiais da ativa, da reserva e egressos das Forças Armadas. Eles utilizarão vans, viaturas, bicicletas e motocicletas.

A ação também terá o apoio da Guarda Municipal, das secretarias municipais de Transportes, de Ordem Pública, de Conservação e de Desenvolvimento Social, além da Comlurb.

Últimas de Rio De Janeiro