Garis da Comlurb vão limpar hospitais do Estado

Objetivo é evitar o acumulo de lixo e riscos para a saúde de pacientes, após paralisação de funcionários terceirizados

Por O Dia

Rio – A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb), informou nesta sexta-feira que o governo do Estado solicitou, em regime de urgência, funcionários do órgão para ajudarem na limpeza de hospitais estaduais. A decisão acontece após a paralisação dos funcionários terceirizados da limpeza de algumas unidades de saúde, devido a crise econômica que o Rio vem enfrentando. O objetivo é evitar o acumulo de lixos e de riscos para a saúde dos pacientes internados.

LEIA MAIS:

Pezão promete pagar restante do salário de novembro na próxima semana

Sem dinheiro, escolas trocam refeições cozidas por lanches e perdem porteiro

Segundo a Comlurb, seus funcionários são capacitados para esse tipo de serviço, além de serem experientes em atuações em hospitais. A pasta informou que “existe no órgão uma diretoria específica para fazer atendimento às escolas municipais, prédios públicos e hospitais da rede municipal". Ainda de acordo com a nota, "todos os garis nestes casos são capacitados em Limpeza Hospitalar de acordo com as Normas da Anvisa”.

Os funcionários da Comlurb atuarão nos hospitais Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Norte e no Rocha Faria, em Campo Grande, Zona Oeste. No Carlos Chagas, 16 garis atuarão durante o dia e outros 10 no turno da noite. Já no Rocha Farias serão 18 no turno diurno e outros 12 no período da noite.

A princípio, os garis vão atuar nessas unidades até a regularização dos contratos de limpeza desses hospitais.

Mais cedo o governador do Estado Luiz Fernando Pezão afirmou que a prefeitura do Rio já vem fazendo esse serviço há algum tempo. Ele disse que solicitou a Paes uma ajuda temporária. “Pedi sim. O prefeito Eduardo Paes tem me ajudado muito em hospitais e em empresas que não puderam continuar”, se referindo aos servidores da limpeza que estão em greve. “Ele (Paes) já vem fazendo isso a muito tempo e vem me ajudando", afirmou o governador que esteve na Associação Comercial do Rio de Janeiro.

Últimas de Rio De Janeiro