Ladrões de carros envolvidos na morte de PM são presos na Pavuna

Agentes da 40ª DP prenderam dupla envolvida na morte do soldado Bruno Christian da Silva Ferreira, 26 anos, cujo corpo foi encontrado no acesso ao Chapadão

Por O Dia

Corpo de policial foi encontrado carbonizado em um dos acessos ao ChapadãoDivulgação

Rio - Paulo Henrique Rodrigues Evaristo e Matheus Sandes Ramos Cavalcante foram presos em flagrante, nesta quarta-feira, na Pavuna, Zona Norte do Rio. Segundo informações da 40ª DP (Honório Gurgel), a dupla participou do roubo de um Honda Civic, no domingo, que resultou em duas mortes, entre elas do soldado Bruno Christian da Silva Ferreira, 26 anos, lotado no 21º BPM (São João de Meriti).

Um carro roubado e clonado, usado para praticar o crime, foi apreendido e periciado pelos agentes. De acordo com o delegado Wellington Vieira, titular da 40ª DP, os presos estão em envolvidos em outros roubos a veículos praticados na cidade.

Desaparecido desde domingo, o corpo do soldado Bruno Christian da Silva Ferreira foi identificado nesta terça-feira por um irmão do agente no IML de São Cristóvão. Bruno havia saído para encontrar amigos em São João de Meriti e acabou sendo morto por traficantes de drogas. O corpo, carbonizado, estava num acesso ao Morro do Chapadão, na Zona Norte.

Bruno foi enterrado na tarde desta quarta-feira, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap.

LEIA MAIS: Corpo de policial militar é encontrado carbonizado no Chapadão

Últimas de Rio De Janeiro