Leonardo Picciani aposta em filiações para recuperar liderança do PMDB

Para estimular as adesões estão sendo oferecidos cargos no governo do estado e em prefeituras, inclusive do Rio

Por O Dia

Rio - Para tentar recuperar a liderança do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani investe na filiação de novos parlamentares fluminenses ao partido. Esses novos deputados seriam suficientes para reconduzi-lo ao cargo.

Por conta de sua ligação com o Palácio do Planalto, Picciani foi afastado nesta quarta da liderança do partido: 35 dos 66 integrantes da bancada concordaram com sua saída.

A operação de filiações está sendo conduzida pelo pai de Leonardo, Jorge Picciani, presidente do PMDB-RJ e da Assembleia Legislativa do Rio. Para estimular as adesões estão sendo oferecidos cargos no governo do estado e em prefeituras, entre elas, a do Rio.

A bancada federal fluminense é a maior do PMDB e conta com 9 deputados. Nas contas da família Picciani, entre cinco e nove parlamentares poderão entrar no partido.

Últimas de Rio De Janeiro