Por marlos.mendes

Rio - Morreu ontem no Rio de Janeiro, aos 70 anos, o jornalista Xico Vargas. Ele lutava contra um câncer de pulmão, desde setembro, mas sofreu uma embolia pulmonar, na última segunda-feira, e não resistiu.

Com mais de 40 anos de profissão, Xico trabalhou nas principais redações do Brasil, como os jornais O DIA, O Globo e Jornal do Brasil; as revistas Veja e Piauí, as tevês Bandeirantes’ e a Globo. Atualmente, era apresentador do jornal BandNews Rio, e colunista do jornal Metro e do portal Uol.

O jornalista Xico Vargas foi vencedor do Prêmio EssoDivulgação

Na década de 80, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo com uma reportagem sobre a morte de Alexandre Von Baumgarten, assassinado pelo regime militar. (Até a publicação da matéria, acreditava-se em morte por afogamento).

Ele deixa a esposa, Carla, a filha Carolina Tapajós, do seu casamento com Dorinha Tapajós, e uma enteada. O enterro será hoje, às 14h, no Memorial do Caju.

Você pode gostar