Quatro pessoas da mesma família morrem eletrocutadas em São Gonçalo

Vítimas estavam dentro de um carro quando foram atingidas por um fio de alta tensão

Por O Dia

Rio - Quatro pessoas morreram eletrocutadas em São Gonçalo, na Região Metropolitana, na noite de domingo. Adão Orlando Silva Moraes, de 87 anos, Raphael Sergio Alcântara Oliveira, 35, Lucas Alcântara de Oliveira, 13, e um bebê de 9 meses, todos da mesma família, estavam num carro que foi atingido por um fio de alta tensão.

O cabo de alta tensão se rompeu matando quatro pessoas que estavam dentro de um carro em São GonçaloReprodução / TV Globo

Segundo informações, as vítimas deixavam a casa de parentes no bairro de Neves, quando houve o rompimento do cabo de energia. O adolescente teria tentado salvar o bebê e levou uma descarga elétrica. Os adultos também morreram ao tentarem socorrer os meninos. Maria Nazaré Alcântara de Oliveira, de 60 anos, avó dos menores, também levou um choque e foi levada para o Hospital Estadual Alberto Torres. Seu estado de saúde é desconhecido.

Agentes da 73ªDP (Neves) estão investigando o caso. Eles já ouviram testemunhas e buscam por câmeras de segurança que possam ajudar na investigação. A perícia foi realizada no local.

A Ampla, concessionária responsável pelo fornecimento de energia, emitiu uma nota oficial lamentando o acidente. A empresa diz que uma explosão provocada por terceiros foi a causa do rompimento do cabo de alta tensão. A Ampla afirma que está prestando assistência aos familiares das vítimas e que está colaborando com as investigações.

Últimas de Rio De Janeiro