PM de UPP é preso na Gamboa

Acompanhado de um homem, um agente da Seap e de um PM expulso da corporação, soldado teria agredido e roubado moradores

Por O Dia

Rio - O soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Borel, na Tijuca, Douglas Guimarães Rosa Milagres, foi preso em flagrante, no final da noite desta segunda-feira, por policiais militares do 5º BPM (Praça da Harmonia), na Rua do Livramento, 215, na Gamboa, Região Portuária do Rio.

Policiais se deslocaram para checar uma denúncia feita por moradores de que quatro homens armados e encapuzados teriam invadido o local e agredido e roubado os ocupantes do imóvel. No interior do endereço, os policiais encontraram o soldado acompanhado de um outro homem, de um policial militar expulso da corporação e de um agente da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Quatro armas%2C sendo dois revólveres com a numeração raspada%2C uma mochila com objetos que teriam sido roubados das vítima e material para embalar drogas foram apreendidosWhatsApp O DIA (98762-8248)

Com eles, foram apreendidas quatro armas, sendo três revólveres, onde dois estavam com a numeração raspada, e uma pistola, além de uma mochila com objetos roubados das vítimas, como celulares e relógios, além de material para embalar drogas. O grupo estava no carro do PM, que foi depredado pelos moradores.

Segundo informações da 5ª DP (Mem de Sá), onde o caso foi registrado, o soldado Douglas Guimarães Rosa Milagres, o ex-PM Bruno Ferreira Pinheiro, o agente penitenciário Bruno da Silva Ramos e Márcio Andreth dos Santos foram presos em flagrante. Eles foram autuados pelos crimes de extorsão, formação de quadrilha e porte ilegal de arma.


Últimas de Rio De Janeiro