Arrecadação do ICMS sofre queda no estado

Secretário de Fazenda frisa que os impostos arrecadados pelo governo pesam no orçamento cinco vezes mais que os royalties, afetados pela queda no preço do petróleo

Por O Dia

Rio - Em 2015, a arrecadação do ICMS, que responde por 70% dos impostos estaduais, chegou a R$ 34,01 bilhões, menos 0,48% da registrada no ano anterior. A queda é bem maior, já que o valor não leva em conta a inflação de 2014, superior a 10%.

Secretário de Fazenda, Julio Bueno frisa que os impostos arrecadados pelo governo pesam no orçamento cinco vezes mais que os royalties, afetados pela queda no preço do petróleo. Ressalta que o ICMS foi muito abalado pela crise na indústria petrolífera. 

Tesourão

O pacote que extingue órgãos do estado inclui Funarj, Suderj, Ceperj, FIA, Santa Cabrini (que cuida do trabalho de presos), Fundação Museu da Imagem e do Som, Fundação Instituto de Pesca e a Fundação Estadual Norte Fluminense.

Tensão no PMDB

E tem muita gente no PMDB-RJ preocupada com as consequências da crise no estado na eleição de 2016. A luz amarela acesa em 2015 por conta da agressão de Pedro Paulo Teixeira à então mulher já está ficando quase vermelha.

Exonerado

A mudança de comando na Secretaria Estadual de Saúde levou à exoneração de Henrique Guitton Neto. Era o superintendente de Suprimentos e Logística que negou aparelhos médicos para a UPA São Gonçalo 2, no Jardim Catarina. Alegou que o material estava bloqueado para a Olimpíada.

Jogo dos erros

Estão cheias de erros as legendas daquele painel horroroso com imagens do Rio que recepciona passageiros de voos nacionais no Terminal 2 do Galeão. Um dos textos diz que a Companhia Cantareira (extinta há décadas) é responsável pelas barcas entre Rio e Niterói. Outro, afirma que o Maracanã é o maior estádio do mundo e foi projetado para 200 mil “expectadores” — com “x”.

Promessas

Novo superintendente regional do Ministério do Trabalho, o ex-deputado petista Robson Leite diz que vai acabar com as vergonhosas filas para emissão de carteiras de trabalho e para pedido de seguro desemprego. A conferir.

FDP de todos

Presidente da Câmara de Barra Mansa, José Luiz Vaneli afirmou, ao assumir o cargo no Salão Nobre da Casa, que aquele palavrão resumido pelas iniciais FDP é uma expressão “que todo mundo usa”. Queria aliviar a barra do antecessor, Marcelo Cabeleireiro, acusado de ter xingado o prefeito Jonas Marins.

Investigação

A Corregedoria da Guarda Municipal vai investigar os guardas que, domingo, ao reprimirem com violência um camelô, tumultuaram um desfile de blocos no Centro.

Últimas de Rio De Janeiro