Cão morre eletrocutado por cabo de poste da Ampla rompido em Niterói

Caso aconteceu no último dia de 2015 e dono do animal disse que concessionária havia sido chamada há mais de 12h

Por O Dia

Dono de cão morto eletrocutado em Niterói por cabo da Ampla denuncia concessionária em vídeo publicado em rede socialReprodução Vídeo

Rio - No último dia de 2015, um cão morreu eletrocutado por um cabo rompido de um poste da Ampla em uma comunidade no bairro Ponta da Areia, em Niterói. De acordo com o dono do animal da raça sharpei, a concessionária foi acionada às 14h, mas só chegou ao local no início da madrugada.

O caso aconteceu três dias antes de uma família ser destruída depois que quatro pessoas morreram atingidas por um fio de alta tensão também da rede da Ampla, em São Gonçalo.

"A árvore caiu no fio de alta tensão, ficou pegando fogo aqui no chão. Meu cachorro saiu de casa para fazer as necessidades dele, ai ó o que aconteceu. Poderia ter sido uma criança. Se fosse em Icaraí, qualquer lugar, em uma hora estaria resolvido. O chamado foi feito 14h da tarde, são 1h da manhã", desabafou, em vídeo publicado em seu perfil no Facebook.

Gabriel acusou a concessionária de negligência. "O vizinho que improvisou uma bandeirinha aqui e isolou o local. Nem para a Ampla vir isolar ou desligar, por mais que não consertasse. Está aí o resultado", disse, apontando para o seu cão morto pela descarga elétrica.

Procurada, a Ampla ainda não se pronunciou sobre o caso.

LEIA: Idosa eletrocutada segue internada

Gabriel com o seu cão%2C da raça sharpei. "Te amo sempre%2C descanse em paz filho"%2C postou em seu perfil no FacebookReprodução Facebook


Últimas de Rio De Janeiro