Por tiago.frederico
Rio - Garagens de duas empresas de ônibus foram vistoriadas pelo Procon Estadual, na madrugada desta sexta-feira, na primeira ação do ano da Operação Roleta Russa. Na Viação Madureira Candelária, localizada na Rua Citéria, 198, em Irajá, na Zona Norte, foram interditados 20 dos 21 veículos encontrados. Já na Viação Reginas, na Rua Amadeu Bueno, 196, em Olavo Bilac, no município de Duque de Caxias, na Baixada, foram interditados 18 dos 74 coletivos vistoriados. Na empresa, os fiscais encontraram irregularidades em 25 ônibus.
Fiscais do Procon Estadual vistoriaram coletivos durante a madrugadaWhatsApp O DIA (98762-8248)

De acordo com o Procon Estadual, na Viação Madureira Candelári, a fiscalização teve que ser interrompida quando foi constatado que praticamente todos os coletivos vistoriados haviam sido interditados – apenas um dos 21 não apresentou irregularidades. "Se a vistoria prosseguisse a empresa poderia ficar impossibilitada de atender a população", afirmou o órgão, em nota.

Nos coletivos da empresa de Irajá, foram flagradas diversas irregularidades, que dificultavam a acessibilidade de cadeirantes aos veículos, como elevadores de cadeiras de roda inoperantes, cadeiras de acompanhantes para cadeirante quebradas e cintos para fixação de cadeiras de rodas partidos. Outros problemas encontrados foram: documentos de veículos vencidos em 2013 e 2014, bancos rasgados, parte elétrica (farol, lanterna e seta), lacres de segurança das janelas rompidos e limpador de para brisa quebrado.

Fiscais encontraram bancos rasgados em coletivos vistoriadosDivulgação

Na Viação Reginas os fiscais vistoriaram 74 veículos e 25 apresentaram irregularidades. Destes, sete estavam com extintores vencidos, que foram trocados por extintores ainda no prazo de validade durante a fiscalização e, por isso, liberados. Os outros 18 ônibus foram interditados. Além de extintores vencidos, havia elevadores para cadeirantes quebrados, botoeiras que não funcionavam e veículos com problemas na parte elétrica (farol, lanterna e ré).

O procon Estadual afirmou que os veículos interditados só serão liberados para circular depois que as irregularidades encontradas forem corrigidas. A ação contou com apoio do 15º BPM (Duque de Caxias) e do 41º BPM (Irajá). No ano passado a Operação Roleta Russa do Procon Estadual interditou 362 ônibus.