Ciclistas e pedestres já 'inauguraram' ciclovia da Niemeyer

A abertura oficial está prevista para este domingo

Por O Dia

Rio - São 3,9 quilômetros ao lado do mar, com uma vista de tirar o fôlego, acompanhando o traçado da Avenida Niemeyer. A ciclovia mais esperada da cidade ainda está com as obras de acabamento em curso, mas muitos cariocas já resolveram inaugurá-la antes mesmo da cerimônia oficial, anunciada para o domingo, pela manhã.

“Estou feliz demais, essa ciclovia é uma mão na roda”, comemora o morador de São Conrado Achylles Nunes, de 30 anos, enquanto seguia para o trabalho no Leblon. “Às vezes eu levava 40 minutos de carro, preso nos engarrafamentos da Niemeyer. Chegava estressado, não tinha vaga para estacionar. Agora, com essa ciclovia, tenho essa vista maravilhosa e chego feliz, distribuindo sorriso no trabalho”, conta Achylles.

Ao longo da faixa vermelha exclusiva para ciclistas, ainda há funcionários de obra da Geo-Rio, empresa responsável pela obra, trabalhando. Em alguns trechos, há blocos de concreto e tapumes na tentativa de impedir a passagem e placas com avisos de que é proibido transitar pelas novas pistas antes da sua inauguração.

Mesmo com as obras de acabamento ainda em curso%2C a nova ciclovia já está sendo usada pelos cariocasMárcio Mercante / Agência O Dia

Entretanto, a sinalização não foi suficiente para impedir o uso da ciclovia antes da hora por ciclistas e por pedestres, que não devem usar a pista nem mesmo após a abertura.

O funcionário de serviços gerais, Ricardo Fernandes, de 27 anos, morador da Rocinha, não escondeu a felicidade em ter um percurso menor para chegar à praia. “Tenho sempre costume de ir para o Leblon, Leme, Ipanema. Agora temos um caminho mais fácil”, respondeu Ricardo, que não vê problemas em utilizar a ciclovia antes de estar totalmente concluída.

Rudnei de Souza, também funcionário de serviços gerais, de 35 anos, disse que, pedalando, consegue chegar em 25 minutos da Rocinha, onde mora, até a orla do Leblon.

Do Centro a Grumari de bicicleta

A Geo-Rio, órgão da Secretaria Municipal de Obras, informou que a fiscalização está sendo feita de forma contínua para impedir acidentes. Porém, segundo o órgão, a população está infringindo as placas e os avisos de não circular pelo local, além de não respeitar os bloqueios. Ainda de acordo com o órgão, os funcionários da Geo-Rio podem solicitar que as pessoas não usem a ciclovia, mas não têm o poder de obrigar a pessoa a sair do local.

A Secretaria Municipal do Ambiente informou que, quando a ciclovia Niemeyer for inaugurada, será possível pedalar do Centro do Rio até Grumari, Zona Oeste da cidade, por pistas exclusivas para bicicletas. O investimento no trecho da Niemeyer foi de R$ 44,7 milhões.

Últimas de Rio De Janeiro