Marinha investiga morte de jovem durante treinamento

Marco Túlio passou mal na última terça e morreu no dia seguinte. Ele morava em Nova Friburgo e estava no Rio para treinamento. Rapaz foi enterrado em Minas

Por O Dia

Rio - A Marinha do Brasil investiga a morte de um aluno após ele passar mal na última terça-feira, durante um curso da Escola de Formação de Oficiais de Marinha Mercante, no Rio. O corpo do jovem mineiro foi enterrado na tarde desta sexta-feira, em Entre Rio de Minas, na Região Central de Minas Gerais.

Marco Túlio de Oliveira de Oliveira Reis, de 21 anos, passava por um período de adaptação, desde o último domingo, quando chegou ao Rio. Ele estava na Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM), localizado no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), em Parada de Lucas. 

Na última terça-feira o jovem passou mal no alojamento, em que estava e foi encaminhado para o Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins de Vasconcelos. Ele morreu na unidade no dia seguinte.

Jovem foi enterrado em Entre Rios de Minas%2C no interior do estado mineiro Reprodução Facebook

De acordo com a Marinha, Marco deu entrada no hospital com febre alta. A tia do jovem, a professora universitária, Ana Carolina Reis, contesta a informação e afirma que a Marinha informou aos familiares, que o jovem teria tido um mal súbito e sido internado com uma "febre altíssima". Segundo relatos que chegaram até a família, Túlio teria vomitado sangue e tido convulsões.. A família afirma ainda que Marco Túlio era um jovem saudável e praticava esportes físicos -- ele fazia periodicamente uma bateria de exames para entregar o órgão. A Marinha do Brasil, no entanto, nega que os alunos tenham feito algum tipo de exercício que possa ter provocado o mal-estar em Marco. As causas da morte ainda são desconhecidas.

Em comunicado, o 1º Distrito Naval do Rio afirma que está prestando toda a assistência à família, o que foi negado por familiares do jovem. Marco Túlio chegou à Entre Rio de Minas nesta madrugada e de acordo com seus parentes, o corpo não estava em condições ideais para ser velado. Por isso foi necessário, inclusive, o encaminhamento para que uma segunda funerária puder fazer um novo preparo.

Jovem chegou ao Rio no último domingo e estava no alojamento da Escola de Formação de Oficiais de Marinha MercanteReprodução Facebook

Logo após a morte, a mãe do jovem, que mora em Nova Friburgo, Região Serrana, foi procurada por militares, que deram a notícia da morte. O pai de Marco Túlio, que vive em Goiás, foi comunicado por telefone. 

Em nota, o comando do 1º Distrito Naval informou que Marco Túlio foi levado para o Departamento de Saúde do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, às 23h50 de terça-feira com febre alta. Por causa do seu estado de saúde, foi transferido para o Hospital Naval Marcílio Dias, onde morreu. Ainda de acordo com o comunicado, um procedimento administrativo foi aberto para averiguar os fatos. Sobre a causa da morte, a Marinha informou que somente exames no Instituto Médico Legal (IML) vão poder determinar. A nota finaliza dizendo que o órgão está prestando todo apoio à família. 

Últimas de Rio De Janeiro