Crianças de UPPs têm aula de artes marciais na praia

Soldados e atletas ensinaram táticas

Por O Dia

Rio - O tempo ruim na manhã de ontem não desanimou as cerca de 90 crianças de comunidades pacificadas de participar de um grande treino de judô e tae-kwon-do, ministrado por policiais militares lotados em UPPs na Praia de Copacabana. O evento, que começou às 10h e terminou às 13h, contou com a participação de atletas e ex-atletas olímpicos, além do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame.

A iniciativa faz parte dos projetos de prevenção empregados em comunidades pacificadas, em especial as da Providência, Fazendinha, Macacos, Adeus/Baiana e Jacaré. De acordo com o coordenador da Equipe de Lutas Geração UPP, cabo Christian Ribeiro, o projeto não tem como prioridade descobrir campeões no tatame, mas formar cidadãos conscientes e críticos, com características necessárias ao convívio em sociedade.

Durante o treinamento, as crianças receberam dicas de uma professora especial, a atleta de tae-kwon-do Iris Sing, única classificada para as Olimpíadas 2016 na modalidade. A presença da lutadora rendeu uma intensa sessão de fotos. Os policiais militares, fardados, também chamaram atenção de quem passava ao redor. Com a cidade cheia de turistas, de outros estados inclusive, muitos queriam entender a interação dos agentes com a população.

“As pessoas perguntavam sobre a atividade dos policiais lidando com crianças, principalmente os turistas de outros estados. Eles ainda não têm ideia do quão amplo é o processo de pacificação nas comunidades. Depois de explicado, a maioria pedia para posar numa foto com os agentes”, contou o soldado Sávio Resende, relações-públicas dos projetos de prevenção nas UPPs.

Últimas de Rio De Janeiro