Hospital Universitário Gafrée e Guinle muda de administradora

Instituição da UniRio assinou contrato que transfere sua administração para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação

Por O Dia

Rio - Apertado pela falta de recursos, o Hospital Universitário Gafrée e Guinle, da UniRio, capitulou e assinou contrato que transfere sua administração para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação.

Várias universidades federais, entre elas a UFRJ, rejeitam a ligação de seus hospitais com a Ebserh — alegam que isso seria prejudicial à autonomia das instituições. Já o governo federal costuma condicionar a liberação de verbas à assinatura de contratos com a empresa.

Presente
O acordo foi assinado em dezembro e, logo depois, o hospital, que acumulava dívidas de R$ 12 milhões, recebeu um repasse de R$ 5 milhões. Até abril haverá concurso para contratação de novos profissionais.

Grana retida
Prefeito de Petrópolis, Rubens Bontempo foi ao Ministério da Saúde e descobriu que o governo estadual vinha retendo metade da verba transferida por Brasília e que deveria ajudar na manutenção de duas UPAs municipais. 

A multa do lixo
Copacabana, Ipanema, Leblon e Arpoador são os bairros que tiveram mais pessoas multadas por jogar lixo na rua neste começo de ano. Do dia 1º até aqui, foram cerca de 600, contra 1.200 autuações na região durante o mesmo período em 2015.

Últimas de Rio De Janeiro