Bandidos que atiraram contra policiais no Arco Metropolitano são presos

Prisões aconteceram em menos de 24 horas. Eles foram localizados após darem entrada em hospital de Iguaba Grande

Por O Dia

Rio - Policiais da 63ª DP (Japeri), com apoio das 118ª DP (Araruama), 124ª DP (Saquarema) e 129ª DP (Iguaba Grande), identificaram e prenderam dois criminosos que atiraram contra PMs no Arco Metropolitano, próximo a favela Guandu, em Japeri, na Baixada Fluminense, na madrugada de terça-feira. Segundo a polícia, eles foram presos em menos de  24 horas após o crime.

Eles tiveram o mandado de prisão preventiva, solicitado pela delegacia, expedido nesta quarta-feira pela 2ª Vara da Comarca de Japeri. De acordo com o delegado Flavio Loureiro, titular da 63ª DP, Silvio Cezar de Jesus Esteves, o "Silvinho", e Enio Willian de Azevedo Ribeiro, o "Lacraia", foram baleados durante o confronto. A 63ª DP recebeu a informação da delegacia de Iguaba que os dois teriam sido socorridos para um hospital da região.

LEIA MAIS: Bandidos atacam policiais militares no Arco Metropolitano

Disparos atingiram%2C em sua maioria%2C o parabrisa da viaturaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Ainda segundo o delegado, Silvio assumiu o tráfico de drogas no Guandu, em Engenheiro Pedreira, após a prisão de Ipojucan Soares de Andrade, o "Coroa". A mulher do traficante, que foi preso em agosto do ano passado, foi a responsável pelo resgate dos dois criminosos após o ataque. Os PMs que foram vítimas dos bandidos foram ouvidos novamente e reconheceram Silvio e Enio como os atiradores. 

Últimas de Rio De Janeiro