Por gabriela.mattos

Rio - O ministro da Saúde, Marcelo Castro, convocou os municípios ao combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. No Estado do Rio, várias cidades já estão engajadas na guerra contra o mosquito. A Defesa Civil de Niterói está capacitando voluntários e a prefeitura da cidade lançou um aplicativo que ajuda a encontrar focos do vetor.

Em parceria com a rede social Colab.re, o aplicativo gratuito ‘Sem Dengue’ permite ao cidadão ativar o GPS do seu smartphone para informar a localização geográfica do foco do mosquito. As informações, com foto e descrição do local, são repassadas para os agentes endêmicos. 

Em São Gonçalo, a Vigilância Sanitária está capacitando técnicos da Defesa Civil. O projeto levará ações educativas a empresas, igrejas e condomínios para que a população aprenda a se prevenir. Em Resende, o trabalho ganhou o reforço de 147 agentes comunitários.

Você pode gostar