Por paulo.gomes

Rio - O Grupamento de Intervenção Tática (GIT) da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou uma simulação visando a segurança nos presídios durante a realização dos Jogos Olímpicos. O treinamento consistiu na tomada de uma unidade durante um motim, no resgate de presos e na invasão de um presídio cuja portaria estaria tomada por presos amotinados.

GALERIA: GIT faz simulação visando a segurança nas Olimpíadas

"Estamos aprimorando nossas técnicas profissionais para atuar caso necessário e debelar qualquer atitude suspeita, tentativa de motins e até mesmo evitar ataques terroristas nas unidades prisionais durante os Jogos", diz o inspetor Cláudio Barbosa Andrade, diretor da unidade.

Equipe do Grupamento de Intervenção Tática (GIT) realizou uma simulação visando a segurança nas OlimpíadasDivulgação / Ascom Seap / Fábio Perrota


Você pode gostar