Dezenas de mulheres participam do Toplessaço em Ipanema

'Nenhuma mulher precisa viver sem peito', diz o slogan do ato

Por O Dia

Rio - Com a temperatura batendo os 32 graus e o lema "Nenhuma mulher precisa viver sem peito", dezenas de mulheres deixaram os seios à mostra no movimento Toplessaço na praia de Ipanema, na Zona Sul do Rio, na manhã deste domingo. O ato tem o objetivo de defender a auto estima de mulheres que tem ou tiveram câncer de mama e passaram pela cirurgia de retirada dos seios. 

LEIA MAIS: Duas mulheres vencem concurso Topless in Rio 2016

A jornalista Eliane Canegal, de 43 anos, que foi uma das ganhadoras do concurso de musa do movimento Topless in Rio na última sexta-feira, contou que descobriu a doença há 12 anos e passou pela cirurgia de retirada das duas mamas. Eliane também disse que o câncer não é o fim.

Dezenas de mulheres participam do Toplessaço em IpanemaMarcelo Sayão / EFE

"A nossa motivação é dizer para essas mulheres que, independente de estarem passando pelo câncer, não tenham auto estima baixa. Há vida, sim. A esperança. O câncer não é uma sentença de morte. Assim como eu venci, você, mulher que está passando por isso, também pode vencer", disse a musa carioca, que divide o título com a paulista Carol Sanovicz, de 26 anos.

A modelo Renata Frisson, a Mulher Melão, também participou do eventoMarcelo Sayão / EFE

A modelo Renata Frisson, a Mulher Melão, que já participou de outras edições do evento, também esteve presente e comentou sobre a importância do ato na conscientização contra o preconceito feminino. "É uma forma de mostrar que a mulher merece respeito. Eu me sensibilizo com essas mulheres. Qual mulher não gosta de ter um seio bonito? É um símbolo da feminilidade", defendeu a Mulher Melão.

Últimas de Rio De Janeiro