Mulher é assassinada no Méier

Maria das Neves dos Santos, 73 anos, teria reagido a tentativa de assalto. No Rocha, policial militar foi baleado nesta manhã

Por O Dia

Rio - Uma mulher foi assassinada, nesta quinta-feira, no Cachambi, Grande Méier, Zona Norte do Rio. A vítima, identificada inicialmente como Maria das Neves dos Santos, 73 anos, foi baleada durante uma tentativa de assalto, na esquina das ruas Coração de Maria e Tenente Costa.

Maria estaria saindo de casa para buscar uma amiga para fazer uma viagem para Aparecida do Norte (SP) quando foi abordada por criminosos. Ela teria reagido e sido baleada. O carro dela foi encontrado com três marcas de tiros.

Idosa foi assassinada no Méier quando estaria saindo de casa para buscar uma amiga para fazer uma viagem para Aparecida do Norte (SP) Leitora Rosane Faria

O crime ocorreu a poucos metros do batalhão e da delegacia do bairro. A 23ª DP fica a 650 metros e a quatro minutos de carro do local, enquanto o 3º BPM a um quilômetro e seis minutos do entroncamento onde Maria das Neves foi morta. "Pertinho da delegacia? Esses bandidos não têm medo de nada, que absurdo!!!", disse uma moradora da região através do Facebook. 

Policiais do 3º BPM (Méier) isolaram o local até a chegada das equipes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH/Capital). Uma perícia foi realizada no local e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Centro. Agentes da Polícia Civil buscam testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na localidade para análise.

Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital investigam morte de mulher no MéierReprodução

PM é baleado em tentativa de assalto no Rocha

Ainda nesta manhã, um policial militar foi baleado durante uma tentativa de assalto. O caso ocorreu na Rua Barbosa Silva, no Rocha, também na Zona Norte. O sargento Antonio Carlos Paulino da Silva, lotado na Policlínica da corporação, em Cascadura, reagiu à abordagem e houve uma troca de tiros.

Na ação, o agente foi atingido na cabeça e os criminosos conseguiram fugir. Segundo a Polícia Militar, o policial foi levado para o Hospital Salgado Filho. A Polícia Civil investiga se os dois crimes têm relação.

Últimas de Rio De Janeiro