Polícia e Light caçam 'gato' de energia elétrica na Taquara, Zona Oeste do Rio

Irregularidades foram encontradas em metade dos locais vistoriados durante operação realizada nesta quarta-feira

Por O Dia

Rio - Operação realizada pela Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), com apoio da Light, caçou "gatos" de energia em casas e estabelecimentos comerciais, na Taquara, Zona Oeste do Rio, nesta quarta-feira. Segundo a Polícia Civil, a gerente de um restaurante foi autuada por furto. Ela, que não teve a identidade divulgada, só não ficou presa porque pagou fiança. Levado à delegacia para prestar esclarecimentos, o funcionário de uma casa de festas, onde também foi encontrada uma ligação clandestina, também foi liberado.

Em 120 inspeções realizadas na operação, técnicos da empresa de energia e policiais civis encontraram 60 irregularidades no consumo de energia, ou seja, foi constatada "gato" em metade dos clientes averiguados. Cerca de 80 pessoas, entre policiais civis e técnicos da empresa de energia elétrica, participaram da ação.

Segundo a Light, em tempos de bandeira vermelha, se todos os "gatos" de energia fossem eliminados da região onde a empresa atua, que abrange 31 municípios no Estado, a conta de energia diminuiria em 17%.

Últimas de Rio De Janeiro