Por adriano.araujo, adriano.araujo
O menino Kaíque Diego de Araújo Cardoso%2C de 4 anos%2C está internado em estado grave no Hospital Albert Schweitzer após ser eletrocutado na estação do BRT em MadureiraReprodução / Rede Record

Rio - O estado de saúde do menino Kaíque Diego, de 4 anos, eletrocutado em uma catraca do BRT em Madureira, está evoluindo para melhor após ele sair do coma induzido. Entretanto, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o seu quadro ainda é grave e inspira cuidados.

De acordo com a SMS, a sedação está sendo diminuída gradativamente e, dependendo da aceitação de seu organismo, ele deve ser retirado dos aparelhos, deixar o CTI e ir para um quarto.
Publicidade
'BRT sabia que roleta tinha problemas'
?Familiares do menino Kaíque Diego de Araújo Cardoso, de 4 anos, afirmaram nesta quinta-feira, na porta do Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, de que o consórcio BRT tinha conhecimento de que a roleta da estação Mercadão de Madureira estava com problemas. Segundo informações, um dos funcionários chegou a entrar em contato com a concessionária comunicando que um das seis roletas estava dando choque e que o BRT não autorizou o fechamento da roleta.
Publicidade
O garoto sofreu uma descarga elétrica na tarde de quarta e está internado na unidade de saúde. "Ele morreu e voltou. O que aconteceu no BRT foi um fato criminoso, porque os funcionários sabiam que estava dando choque e não trancaram a roleta", desabafa a avó de Kaíque, Maria do Socorro Viana de Araújo, de 40 anos.
LEIA MAIS
Publicidade

Familiares afirmam que BRT sabia que roleta estava com problemas

Técnicos trabalham em catraca da estação Mercadão%2C em Madureira%2C onde menino Kaíque foi eletrocutadoEstefan Radovicz / Agência O Dia


Você pode gostar