Policiais militares mortos na Baixada Fluminense são enterrados

Agentes reagiram a diferentes tentativas de assalto, uma em Nova Iguaçu e outra em Nilópolis, na madrugada deste sábado

Por O Dia

Rio - Os policiais militares que morreram em duas diferentes tentativas de assalto na Baixada Fluminense foram enterrados na tarde deste domingo, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap. O sargento Fábio de Oliveira, do 22º BPM (Maré), foi morto na Rua Darcy Vargas, no centro de Nilópolis, na madrugada deste sábado. Enquanto o cabo Leandro da Silva Pimenta, da UPP Arará/Mandela, foi surpreendido por bandidos enquanto lanchava com outro agente na Via Light, em Nova Iguaçu.

Na noite de sábado, a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prendeu dois homens suspeitos de matar Leandro. Maxwell Vinicius Abbad e Gleison do Nascimento Kimpinas foram presos em flagrante por latrocínio e roubo.

Na ocasião, outro homem apontado como um dos envolvidos no crime foi morto na hora. Segundo a Polícia Civil, os agentes ainda procuram outro suspeito e as investigações estão em andamento. Em relação ao caso de Leandro, os policiais ainda não prenderam nenhum acusado do crime.

Últimas de Rio De Janeiro