Corpo de funcionário da Reduc que caiu em tanque de asfalto é encontrado

Luiz Augusto Cabral de Moraes, de 55 anos, sofreu acidente na noite do último domingo e estava desaparecido

Por O Dia

Rio - Foi encontrado nesta terça-feira o corpo do técnico de operação da Reduc que caiu dentro de um tanque de estocagem de óleo lubrificante com 14 metros de altura, na Refinaria Duque de Caxias (Reduc), no último domingo. Luiz Antonio Cabral de Moraes, de 56 anos. De acordo com o Sindicato dos Petroleiros de Caxias, a corrosão do teto do tanque pode ter provocado a queda do funcionário, que trabalhava desde 1989 na Petrobras.

Um relatório de identificação nos tanques da Reduc feito em 2013 indicou a necessidade de troca do teto dos tanques com corrosão. Além disso, o sindicato protocolou pedido na Superintendência Regional do Trabalho para que seja suspenso qualquer trabalho em cima dos tanques até que uma auditoria do Ministério do Trabalho e Previdência Social certifique a segurança do local e que a estrutura metálica de todos os tanques da Reduc seja vistoriada.

No ofício, o Sindipetro Caxias propõe mudanças nas normas de segurança para esse tipo de trabalho, como a obrigatoriedade do uso de cinto, trabalho em dupla, apoio do Comitê de Segurança de Meio Ambiente e Saúde e aumento do número mínimo de operadores. A Petrobras informou que criou uma comissão interna de investigação para apurar as causas da morte do petroleiro e que está dando assistência à família da vítima. 

LEIA MAIS: Funcionário da Reduc teria morrido ao cair num tanque de asfalto

Luiz Augusto Cabral de Moraes%2C técnico de operação pleno da Reduc%2C teria morrido ao cair num tanque de asfaltoDivulgação / WhatsApp do DIA (98762-8248)


Últimas de Rio De Janeiro