Quadrilha de peruanos é presa no Rio com celulares roubados

62 aparelhos foram apreendidos com os bandidos estavam hospedados em um hotel na Lapa

Por O Dia

Rio - Uma equipe da Operação Lapa Presente recuperou 62 celulares roubados, que estavam com uma quadrilha de peruanos. Eles estavam hospedados em um hotel na Lapa, no Centro, e foram encontrados graças ao GPS de um dos celulares roubados. O caso aconteceu na última sexta-feira, mas foi divulgado nesta segunda.

A gangue era formada por Ulises Granda, 45 anos; Cesar Oscar Tapia Run, 40 anos; Val Alcides Sanchez, 28 anos; Dana Sanchez, 26 anos; Jersi Sanchez, 25 anos; e Yampierre Sanchez, 24 anos. Todos foram presos por receptação de furto e formação de quadrilha. O caso foi registrado na 5ª DP (Mém de Sá).

Todos foram presos por receptação de furto e formação de quadrilha Divulgação / Governo do Estado

A ação faz parte da Operação Lapa Presente inciada em janeiro de 2014. Os 76 policiais militares e 59 agentes civis patrulham a região da Lapa com 24 bicicletas e 11 viaturas e usam rádios de comunicação e braçadeiras que facilitam a identificação.

Desde o início da operação até a madrugada desta segunda-feira, os agentes cumpriram 481 mandados de prisão, sendo 25 por homicídio, 214 por roubo, 97 por furto, 53 por tráfico de drogas e 92 por outros crimes. Mais de 20 mil moradores de rua foram acolhidas nesse período.

Mais de 3 mil pessoas foram detidas por porte de entorpecentes, sendo a maioria por posse para consumo. Somente 139 foram presas por tráfico de drogas.

Foram mais de 2.447 ligações ao Disque Lapa Presente (97954-2424). O serviço tem garantia de anonimato ao denunciante.


Últimas de Rio De Janeiro