Continuidade de greve do Detran pode esvaziar ainda mais os cofres do Estado

Órgão é um dos responsáveis pela arrecadação da máquina estadual. Funcionários ainda vão decidir se voltam ao trabalho

Por O Dia

Rio - Ao liberar o pagamento dos salários de funcionários de empresas e autarquias, o governo do estado mirou, principalmente, na importância de acabar com a greve no Detran. A eventual permanência da paralisação tenderia a esvaziar ainda mais os combalidos cofres oficiais.

O Detran é um dos maiores responsáveis pela arrecadação da máquina estadual. Em fevereiro, o órgão faturou R$ 216,308 milhões — R$ 104 milhões só com licenciamento de veículos —, e suas despesas ficaram em R$ 54 milhões. O saldo de R$ 152 milhões engordou o caixa do governo.

Decisão
Os funcionários do Detran decidem nesta segunda se voltam ao trabalho.

Contra Dilma
Secretário Municipal de Habitação, Sérgio Zveiter (PMDB) deverá reassumir o mandato de deputado federal para votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff.

Em dúvida
Marco Antônio Cabral, secretário estadual de Esportes, diz que é grande a chance de ir votar, mas ressalta que sua posição vai depender de uma decisão do PMDB-RJ. Pedro Paulo Teixeira, secretário municipal de Coordenação de Governo, não fala sobre o assunto. Ele e Marco Antônio estiveram na reunião em que o PMDB decidiu romper com o governo federal.

Transferências
Em 2011, no primeiro ano de Dilma, os repasses do governo federal para o estado chegaram, em valores atualizados, a R$ 1,405 bilhão, 3,5 vezes mais que o transferido em 2007, quando Sérgio Cabral iniciou sua gestão. Os valores começaram a cair em 2012 — em 2015, ficaram em R$ 479 milhões.

Apelo negado
Bem que Lula tentou convencer o PSB a fazer as pazes com o governo, mas não adiantou. O líder do partido na Câmara dos Deputados, Fernando Bezerra Filho, disse que o tempo de negociação já havia passado. Dos 31 deputados, só três devem ser contra o impeachment.

Ei, você aí...
Chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso negocia com Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa, o uso de recursos da Casa para pagar o RAS, aquele bico legalizado de policiais. O governo só liberou na quinta-feira a grana de novembro. 

Na linha
Os artistas que, em dezembro, participaram dos shows do Trem do Samba ainda não viram a cor do cachê. A produtora diz que não recebeu o dinheiro dos patrocinadores.

Multa
A Agetransp, agência que regula transportes no estado, multou a Supervia em R$ 260 mil por conta da queda de um passageiro de um trem na altura da estação Praça da Bandeira há um ano e cinco meses.

Camisinha olímpica
O Ministério da Saúde prevê distribuir 350 mil camisinhas na Vila dos Atletas, na Barra, durante os Jogos Olímpicos. Pelo local serão colocadas 40 máquinas que permitem a retirada de preservativos gratuitamente.

Últimas de Rio De Janeiro